Augustinopólis- Caminhoneiros anunciam greve por tempo indeterminado na segunda-feira (21). Alegando redução a zero para carga tributária sobre o diesel (PIS/Cofins). Eles afirmam que tentam negociar desde outubro de 2017, e, sem respostas até 14 de maio, iniciaram mobilizações. O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, diz que o governo estava sensibilizado com a alta dos preços e discutia como reduzir impostos. Após cinco dias de greve dos caminhoneiros cidades do Brasil inteiro enfrentam dificuldades.

Hoje na cidade de Augustinopólis, com apenas um posto com combustível, fila de veículos toma Avenida Goiás, já passa de 300M.

Da redação