Em carta divulgada nesta terça-feira (24) em que reafirma que será candidato ao Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que pretende imitar o gesto de dom Pedro 1º em 1822 e criar o “dia do volto”. “O imperador dom Pedro 1º criou o ‘Dia do Fico’ eu vou cria do ‘dia do volto’ para, junto com o povo, fazer o Brasil feliz outra vez”. A declaração, destinada ao presidente do sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, foi divulgada nas redes sociais de Lula. Escrita à mão por Lula, que está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba a carta com folhas numeradas diz que o petista tem certeza que “pode recuperar” o país. “Os adversários sabem que, quando governei o Brasil, foi o melhor momento da nossa história. Por isso, não querem que eu possa ser candidato”, afirma o petista. Desde a decisão da juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula, de que o petista não pode dar entrevistas o ex-presidente tem usado cartas para passar mensagens políticas ligadas à campanha eleitoral. No último sábado (21), a senadora Fátima Bezerra (PT-RN), pré-candidata ao governo do Rio Grande do Norte, já havia divulgado uma carta que recebera do político.

Veja as cartas https://twitter.com/LulaOficial/status/1021720537284915200/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1021720537284915200&ref_url=https%3A%2F%2Fnoticias.uol.com.br%2Fpolitica%2Feleicoes%2F2018%2Fnoticias%2F2018%2F07%2F24%2Flula-diz-querer-imitar-dom-pedro-e-fala-em-criar-o-dia-do-volto.htm