Represa Xepian-Xe Nam Noy, no sul do país, liberou 5 bilhões de metros cúbicos de água ao se romper. Seis aldeias foram inundadas e cerca de 6,6 mil pessoas tiveram que deixar suas casas.

 

 

A represa de uma hidrelétrica em construção no sul do Laos se rompeu e inundou vilarejos da região, informaram nesta terça-feira (24) autoridades locais. A agência oficial do Laos afirma que há mortos, embora não tenha divulgado o número. Centenas de pessoas estão desaparecidas e mais de 6 mil estão desabrigadas.

A represa Xepian-Xe Nam Noy, situada a 550 km da capital Vientiane, se rompeu na noite de segunda-feira (23), liberando 5 bilhões de metros cúbicos de água.

A água atingiu seis aldeias na região e obrigou cerca de 6,6 mil pessoas a deixarem suas casas. Imagens divulgadas pela imprensa internacional mostram moradores ilhados nos tetos das casas.

Brigadistas foram enviados à área do distrito de San Sai, na província de Attapeu. Chove muito na região.

Ainda não se sabe o que levou a represa a entrar em colapso. De acordo com a BBC, as obras começaram em 2013, e a hidrelétrica deveria começar a produzir energia neste ano.