Eleitor que faltou deve ir ao cartório eleitoral com formulário de justificativa preenchido, documento de identificação com foto e o título de eleitor.

O prazo para os eleitores que não compareceram ao primeiro turno da Eleição Suplementar para governador do Tocantins justificarem a ausência termina nesta sexta-feira (3). Quem não foi as urnas e ainda não apresentou justificativa deve ir ao cartório eleitoral com formulário de justificativa preenchido, documento de identificação com foto e o título de eleitor.

Para os eleitores ausentes do segundo turno, o prazo para justificar ausência às urnas segue até o dia 23 de agosto. Quem faltou nos dois precisa apresentar justificativas separadas.

Quem não se justificar fica em débito com a Justiça Eleitoral. Isso impede o eleitor peça qualquer documento que necessite quitação eleitoral, como passaporte e também que se inscreva em concursos públicos, renove matrícula em qualquer instituição de ensino pública ou fiscalizada pelo governo, além do pagamento de multa.

Caso o eleitor não vote, justifique e nem pague as multas por três eleições consecutivas, o seu título de eleitor será cancelado.

Eleitores das cidades de Carrasco Bonito, Sampaio e Praia Norte na  região do bico do papagaio devem se dirigir ao Cartório Eleitoral da Cidade de Augustinopolis para regularização de suas respectivas situações, outras cidades devem se dirigir aos cartórios de Araguatins e Itaguatins, munido de documentos pessoais.