Augustinópolis– Após ocorrido desta sexta, (25 de janeiro), onde a justiça decretou prisão temporária e afastamento dos atuais vereadores da cidade de Augustinópolis, a policia civil investiga esquema de propina que teria desviado R$ 1,5 milhão em três anos.

Segundo dados, a cobrança de propina seria para aprovar projetos enviados pela prefeitura. Dos dez Vereadores, apenas um continua foragido, apenas o vereador Antônio José Queiroz dos Santos (PSB).

 

Na manhã deste sábado, 26 de janeiro, uma nova sessão na Câmara Municipal de Augustinópolis, com intuito de empossar os dez suplentes de vereadores. Sendo:

 

  • Antônio Reinaldo Ferreira Gomes (PSDC)
  • Josenildo Ferreira Barbosa (PRTB)
  • Daniel Walison de Jesus Sousa (PSL)
  • Frederico Guedes de Oliveira (PSC)
  • Elias Madeira Pereira (PT)
  • Solange dos Santos Araújo (PSDB)
  • Marconcélio Assunção da Silva (PTB)
  • Jarbas Fernandes de Andrade (PR)
  • Edimar Cardoso de Oliveira (PR)
  • Joacy Costa (PSB)

Na sessão também foi realizada a eleição para presidente da casa, com todos os votos positivos Cicero Moutinho continua como presidente da câmara de vereadores de Augustinópolis.